Chão Violado

TV mostra evento cultural em Poxoréu

Clique Aqui para ver a reportagem da TV Centro América sobre o Projeto Chão Violado: Entre Acordes e Imagens – Presente, Futuro e Passado, evento cultural realizado em Poxoréu na semana passada, sob a direção de Éden Costa.

Fonte: http://g1.globo.com/mato-grosso/bom-dia-mt/videos/t/edicoes/v/projeto-incentiva-a-comunidade-a-tomar-gosto-pelas-artes-em-poxoreu/5029893/



Escrito por autor acima[poxoreu@uol.com.br às 17h37
[] [envie esta mensagem] []



Combate ao Abuso e à Exploração

 

18 de Maio

 Dia Internacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

EXPLORAÇÃO SEXUAL DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES É CRIME.

 

DISQUE DENÚNCIA:

Disque 100

"Esperamos sensibilizar o poder público para a necessidade de programas que permitam o resgate dos valores familiares, muitas vezes rompidos por motivos diretamente ligados à pobreza e ao comprometimento da própria cidadania”.

Rodrigo Collaço, ex-presidente da AMB

Nesta quarta-feira, dia 18 de maio, a cidade de  Poxoréu estará mobilizada em atenção ao “Dia Internacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes”. O CREAS e o Conselho Tutelar promoverão passeatas e concentrações nas principais vias da cidade, nos dias 17 e 18,  alertando a população para a devida atenção à criança e ao adolescente. Atividades similares serão desenvolvidas nas escolas do município.



Escrito por autor acima[poxoreu@uol.com.br às 17h35
[] [envie esta mensagem] []



Poxoréu

POBRES OU EMPOBRECIDOS....????

Ruy Nogueira Barbosa

Após algumas reflexões e leituras, me surgiu uma pergunta que há dias muito me perturba: Somos ou estamos pobres???

A pobreza que me refiro, não é medida em capacidade de compra não..., é um pouco mais complexa, senão vejamos.

Somos de um município de origem extrativista, ou seja, de coleta de produtos naturais, isto é, não houve trabalho em sua produção, mas, apenas e tão somente em sua cata, sendo esta a mais antiga atividade humana.

Esta “cômoda” situação, mais que influênciara a formação de nosso povo, ao ponto de ditar o que hoje somos, posto que ainda não fora encontrado possível mola-mestra a impulsionar para a saída do limbro do extrativismo.

Culturalmente, vejo que nosso povo, do qual faço parte, tem cultura e alguns sonhos, ao ponto de que os filhos, eram/são postos a estudar, de modo a não repetir a “sina” dos pais, tanto que muitos se destacaram e se destacam nos quadros Estado (União, Estado e Municípios) bem como na inicativa privada.

Entretanto, o contigente humano, a massa maior do município ainda continua sem perspectivas, posto que, no inconsciente deste, impregnado fora inumeras inverdades ou máximas dogmáticas, como “é assim mesmo”, “foi Deus quem quiz assim”, “não tem jeito não”, e por ai a fora, destacando que tais “verdadesterminaram por empobrecer o espírito do nosso povo, inculcando-o a um “desacreditar generalizado em tudo e em todos”.

Na saúde, a coisa pega, haja vista que somos detentores de não invejaveis primeiros colocados em endemias, como por exemplo: “Tuberculose”, “Verminose”, “Dengue”, “Leishimaniose”, “Leishimaniose Visceral”, “Hanseniase”, dentre outras.

Já no que concerne ao Produto Interno Bruto do município, segundo dados do IBGE, este á da ordem de R$ 15.272,77 (quinze mil duzentos e setenta e dois reais e setenta e sete centavos) (dados IBGE), ou seja, nosso município sequer entra na lista dos 1.300 municípios ranqueados.

A busca por melhores dias, por aqueles que ainda podem, se faz mediante a mudança de cidade, posto que a cidade de Poxoréu, muito pouco, ou melhor, quase nada oferece, haja vista a limitada capacidade de compra somada a inexistência de postos emprego e ou fontes alternativas de rendas.

A realidade hoje vivida no município, poderia ter sido pior, se não fosse a intervenção calada, porém escancaradamente profícua dos mais que abnegados italianos que se dispuseram a tentar ajudar a dar melhores dias e perspectivas à quem acreditasse que poderia se construir um final diferente do que, aquele, tido e havido como imutável.

De forma sistêmica e acadêmica, embasado em inegáveis e incontestes dados, o Mestre Giancarlo Pireddu, analisara sem paixões político – partidária a situação, e, registrara para a história o resultado desta “evolução”.

Ao ler parte do livro, comparando e analisando com a situação retro, tive a resposta àquela provocativa pergunta. NÃO, definitivamente NÃO. NÃO NOS SOMOS. ESTAMOS POBRES, e podemos deixar de sê-lo, para tanto, basta ter clareza e consciência não só da pobreza imposta, mas acima de tudo da nossa capacidade produtiva, das possibilidades, e, definir onde queremos chegar com disposição para as renuncias necessárias.

Portanto, mais uma vez, tenho que reconhecer e declarar que os italianos fizeram, e, mesmo distante, muito fazem por nós, fizeram e incomensuravelmente fazem mais que a maioria dos nossos “Administradores Nativos”. Obrigado Mestre Giancarlo Pireddu, não por ver, mas por ter o conhecimento, a coragem e dignidade de mostrar o que nossos olhos insistentemente se negam a ver, enxergar e possibilitar assim entender a situação do povo deste nosso município.

RUY NOGUEIRA BARBOSA – e-mail ruypoxoreo@gmail.com



Escrito por autor acima[poxoreu@uol.com.br às 12h26
[] [envie esta mensagem] []



Cinquentão

Reforma do Ginásio Cinquentão

Assessoria

A Prefeitura de Poxoréu deu início às obras de reforma do Ginásio Cinquentão, após quase uma década desativado. Com recursos próprios, a primeira etapa compreende a reforma da cobertura, parte metálica, com substituição de telhas e vergalhões, soldagens, limpeza de ferrugem, entre outros.

As três etapas seguintes, financiadas com recursos estaduais, compreende a parte elétrica, hidráulica e de alvenaria, o piso e contra piso e a arquibancada. Essas obras são necessárias para o bom funcionamento do ginásio.

A suspensão do uso do ginásio por engenheiros e bombeiros foi entre os anos de 2007 e 2008, por falta de manutenção, principalmente na parte de cobertura e alvenaria, bem como pelo uso indevido do espaço, causando danos profundos na sua estrutura.

Desde o início da administração da Prefeita Jane Maria, tem procurado meios de recuperar o principal espaço esportivo de Poxoréu. Foram feitos vários projetos, busca de diversos parceiros, sendo que no final de 2015 os projetos foram aprovados e os parceiros destinaram emendas com recursos para a reforma do ginásio.

O Ginásio Cinquentão é um compromisso nosso, pois se trata do maior legado esportivo de Poxoréu, abandonado pelas administrações anteriores. Reformar e entregar a população será importante para resgatar os grandes eventos esportivos e a prática do esporte pela nossa população” – destacou a prefeita.

Além do ginásio, outros espaços esportivos e de lazer estão sendo construídos ou reformados ou recuperados para a população, como o Estádio Diamante Verde, Mini Estádio Moacir Clodoaldo da Anunciação, Academia de Saúde, Ciclovia, Pista de Caminhada em torno do campo de futebol da Irantinópolis, para que a juventude e população em geral possa praticar esportes.



Escrito por autor acima[poxoreu@uol.com.br às 12h46
[] [envie esta mensagem] []



Arte e cultura

ARTE EM POXORÉU

 

 

A Associação Social e Cultural Partilhar, organização não-governamental sem fins lucrativo, mantém a Escola de Arte Figurativa e uma galeria com exposição permanente no centro histórico de Poxoréu. 

 

A entidade, coordenada pelo mestre italiano Renato Zenettin, é um centro de talentos e incentivo à criatividade, revelando diversos talentos artísticos em Poxoréu.

 

   

Galeria de arte em Poxoréu  

 

Uma visita à galeria localizada no início da Rua Mato Grosso é manter contato direto com história artística universal, oportunidade em que se podem contemplar obras inspiradas nos imortais Van Ghog, Monet, Gauguin e outros artistas de destaques. Também é possível prestigiar a temática regional, a exemplo da tela “Garimpeiros de Poxoréu”, foto abaixo, criação da artista Edna.

 

 

 Garimpeiros de Poxoréu

 

As telas dos alunos e ex-alunos podem ser adquiridas no próprio local, com preços variando de R$ 100,00, R$ 250,00, R$ 500,00 até R$ 1.500,00. Além das telas, pode o visitante adquirir lembrancinhas da cidade com preços a partir de R$ 50,00.

 

Maiores informações pelo telefone (66)3436-1134.



Escrito por autor acima[poxoreu@uol.com.br às 11h45
[] [envie esta mensagem] []



Troféu da Juventude

47º TROFÉU DA JUVENTUDE DO CENTRO JUVENIL

 1969/2016.

 

Abertura do 47º TROFÉU DA JUVENTUDE, neste sábado, dia 7 de maio, com a presença do mestre Armando Catrana, Centro Juvenil.



Escrito por autor acima[poxoreu@uol.com.br às 18h25
[] [envie esta mensagem] []



Educação em Debate

Ao deus-dará

Editorial Folha de S.Paulo

A passagem da infância para a adolescência, a que correspondem os quatro anos que antecedem o ensino médio, constitui um desafio para todo tipo de escola.

Alunos que se situam, grosso modo, na faixa dos 11 aos 14 anos se defrontam, em ritmo que varia de indivíduo para indivíduo, com um mundo que lhes parece cada vez mais complexo e em que, passando por rápidas mudanças na mentalidade e no organismo, não sabem exatamente como se situar.

Como informa caderno especial sobre o tema publicado por esta Folha, o desempenho escolar nesse ciclo, medido pela Prova Brasil, encontra-se estagnado desde 2009.

Só 16% dos estudantes encerram essa fase com desempenho considerado aceitável em matemática; os índices de reprovação, em especial no sexto ano, tornam-se mais significativos; os alunos se sentem perdidos com a nova rotina (com professores diferentes para cada matéria), e toda essa etapa escolar parece situar-se num limbo.

São problemas fáceis de presenciar em qualquer instituição de ensino, mas a situação se agrava na rede pública, onde estudam 86% dos alunos matriculados no chamado ensino fundamental 2.

Diante de classes inquietas, quando não em plena balbúrdia, apresentam-se professores desmotivados não só pela sobrecarga letiva e pela remuneração insatisfatória. Pelo que, de forma pontual, observou-se nas reportagens, diversos outros fatores tornam inseguro, disperso, ocasional e tentativo o processo pedagógico.

A falta de material adequado era visível em algumas escolas públicas visitadas. A ausência de clareza quanto ao valor da matéria ensinada intensifica um sentimento de desnecessidade de que professores e alunos por vezes participam.

Nas últimas décadas, prevaleceu um espírito em que o saber conceitual, abstrato e intuitivo sobrepuja a ideia de que informação concreta e verificável é o que cumpre transmitir a alunos dessa idade.

Também se tornou impopular, e quase vexaminosa, a noção de que cumpre a mestres e diretores de escola zelar por mais ordem, disciplina e uniformidade de métodos em sala de aula. Alunos e professores, nesse ambiente, correm o risco de perder até mesmo a noção do que estão fazendo ali.

Se obviamente não se trata de fazer o elogio da repressão e do autoritarismo, é entretanto inegável que respeito à liberdade e autonomia não se confundem com frouxidão e desordem -de que resulta a nítida impressão de que, nessa etapa da vida escolar, o ensino se faz ao deus-dará.

Fonte: Jornal Folha de S. Paulo, edição de 01/05/2016.



Escrito por autor acima[poxoreu@uol.com.br às 12h21
[] [envie esta mensagem] []



Encontro Violeiros

XIV Encontro Nacional de Violeiros

A maior festa da música caipira do Brasil

XIV Encontro Nacional de Violeiros, dias 26, 27 e 28 de maio de 2016, em Poxoréu.



Escrito por autor acima[poxoreu@uol.com.br às 13h06
[] [envie esta mensagem] []



Lava Jato Poxoréu

MPE investiga se prefeita pagou mais de R$ 230 mil a empresa fictícia

Eduarda Fernandes/RDNews

O Ministério Público Estadual, por meio da promotora de Justiça Nayara Roman Mariano, instaurou um inquérito civil para apurar o pagamento de mais de R$ 230 mil que a prefeita de Poxoréu, Jane Maria Sanches Lopes (PSD), fez a uma empresa de serviços gráficos N.L. Mattos, entre 2013 e 2015. Ocorre que há indícios de que essa empresa seja fictícia [fantasma]. A abertura do inquérito foi assinada na última quinta (14).

No documento, a Câmara Municipal também foi oficiada a apresentar cópia de todos os documentos relativos à contratação da empresa. Ao Rdnews, Jane Maria disse que não se recorda de alguma empresa com esse nome. Admitiu que é possível que tenha recebido notificação sobre a instauração do procedimento investigatório, pois “notificação do MPE chega diariamente à prefeitura”.

A prefeita se limitou a dizer que casos como esse são encaminhados para o setor jurídico do Executivo, e que um representante entraria em contato para falar sobre a situação. Contudo, até o fechamento desta matéria o contato não ocorreu.

Histórico

Jane Maria está no primeiro mandato e pretende buscar a reeleição este ano. A prefeita já foi alvo de inquérito civil por parte do MPE por indícios de que seu marido e ex-gestor do município, Lindberg Ribeiro Nunes Rocha, influencia e administra a cidade, mesmo sem exercer qualquer função no Executivo. O órgão apontou ainda que Lindberg costuma dar ordens para servidores e faz uso de carros oficiais.

Fonte: http://www.rdnews.com.br/judiciario/mpe-investiga-se-jane-maria-pagou-mais-de-r-230-mil-a-empresa-ficticia/70413

_______________________________

VALE REPISAR – OPINIÃO BLOGPOX

Batistão

Há muito tempo o BlogPox vem questionando e chamando a atenção das autoridades sobre excessos de despesas de combustíveis, material gráfico e  de limpeza, entre outros gastos realizados pela Prefeitura de Poxoréu.

Na verdade, os diversos exemplos em todo o país noticiados nos jornais, nos sites e na televisão, bem como os comentários das ruas da nossa pequena Poxoréu, apontam que a prática corrente é a simples e tão somente aquisição e pagamento de nota fiscal, sem a efetiva entrega do produto, senão com a entrega e o desvio de finalidade do material adquirido, visando ludibriar a prestação de contas.

Embora seja possível comparar a média mensal e a média anual de consumo, no fornecimento de combustível é mais difícil descobrir a simulação do negócio, porém, no fornecimento de material gráfico e  limpeza é fácil comprovar a fraucatua: basta o órgão competente realizar levantamento contábil da entrada e saída do material e examinar as notas de compra e venda da empresa para detectar que a quantidade de material adquirido pelo ente público não circulou no estoque da fornecedora.

A questão não se resume apenas no princípio da presunção de inocência ou no campo da incompetência, negligência ou imperícia. Cabe aos órgãos de controle externos, TCE, Ministério Público, Câmara Municipal, Organizações Não Governamentais, maior rigor na apuração dos indícios das irregularidades nos órgãos públicos, nos indícios de lavagem de dinheiro e na análise dos indícios de exteriorização de riquezas dos gestores públicos, bem como a utilização de métodos estatísticos para comparar as receitas e despesas dos entes públicos.

Em geral, com algumas exceções, reina na administração pública a mais absoluta má-fé, o dolo intencional de prejudicar o erário público, a perspectiva de lucro fácil e generoso, enfim, o repudiado locupletamento indevido e o enriquecimento ilícito, vedado pelo ordenamento jurídico.

O caminho do combate à corrupção é longo e tortuoso.

_____________________________

OBS: Se a prefeita não lembra da contratação da gráfica, possivelmente fantasma, vale a pena conferir o resultado da licitação divulgado no BlogPox no  dia 13/03/2014:

AVISO DE RESULTADO DE LICITAÇÃO

(Art 21, inciso XII do Decreto Nº 3.555/2000)

MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL 002/2014 - REGISTRO DE PREÇOS Nº 002/2014

Tipo: Menor Preço por Item

A Prefeitura Municipal de Poxoréu-MT, torna-se publico aos interessados que no PREGÃO PRESENCIAL 002/2014 - REGISTRO DE PREÇOS Nº 002/2014, cujo o objeto é Eventual Contratação de Empresa Especializada em Serviços Gráficos visando atender a Administração Pública em geral do Município de Poxoréu – MT, cuja a abertura ocorreu as treze horas e trinta minutos, do dia 05 de março de 2014, na sede da Prefeitura Municipal de Poxoréu, situada à Av. Brasília, 809, Jardim das Américas, Poxoréu-MT.

Sagrou-se vencedora da presente licitação a seguinte Empresa:

1 – N L DE MATOS, inscrita no CNPJ n° 05.683.539/0001-06, situada à Rua 1100, Quadra 21, N° 11, Bairro Jardim Imperial, na Cidade de Cuiabá-MT, com os Lotes 01, 02, 03, 04, 05, 06 e 07, com valor Total Global de R$ 482.861,00 (quatrocentos e oitenta e dois mil oitocentos e sessenta e um reais)

Sala de Licitações da Prefeitura Municipal de Poxoréu, 05 de março de 2014.

Fonte: JORNAL OFICIAL ELETRÔNICO DOS MUNICÍPIOS DO ESTADO DE MATO GROSSO do dia 07/03/2014. Edição 1926.

___________________

A propósito, também vale a pena ver de novo a matéria/chacota “Prefeitura cai no golpe da falsa conta de telefone em MT” do site Midianews, CLIQUE AQUI, noticiando que “A prefeita de Poxoréu (251 km ao Sul de Cuiabá), Jane Maria Sanches Lopes (PSD), vai ter que ressarcir os cofres do Município em R$ 41,9 mil, por ter pagado uma conta falsa de telefone e não obedecer aos trâmites burocráticos a que todo gestor público é obrigado ao realizar uma despesa”, disponível no link: http://midianews.com.br/politica/prefeitura-cai-no-golpe-da-falsa-conta-de-telefone-em-mt/252492 ou a reportagem da Globo no Portal G1  “Prefeita que pagou falsa dívida deve devolver R$ 41 mil, determina TCE-MT”, CLIQUE AQUI, disponível em http://g1.globo.com/mato-grosso/noticia/2016/01/prefeita-que-pagou-falsa-divida-deve-devolver-r-41-mil-determina-tce-mt.html ou consultar o BlogPox, edição de 20/01/2016, para saber mais.



Escrito por autor acima[poxoreu@uol.com.br às 12h31
[] [envie esta mensagem] []



Política

CONTINUIDADE.... DO QUE?????

Ruy Nogueira Barbosa

O RDNews, veiculara matéria onde a Sra. JANE, prefeita de Poxoréu-MT, declarara que se “aconselha” com seu esposo, Sr. LINDBERG, quanto as coisas administrativas do município. Atitude digna de louvor a declaração pública da Alcaide.

A asseveração da prefeita, apenas e tão somente vem comprovar o que a população do município desde a posse, vem assistindo, ouvindo e convivendo, não com os aconselhamentos, mas com a efetivação de mando, ou melhor, DESMANDOS na administração municipal.

Como “cereja do bolo” desta nova velha forma de administrar, se materializara com o fato do esposo da prefeita, sob sua irresponsabilidade conta e risco, se apossara do veículo de propriedade do município para uso próprio, vindo a colidi-lo, causando estragos em propriedade de terceiros como e também no automóvel público.

Esta impensada situação, oportunamente fora levada ao conhecimento do Ministério Público, bem como a Câmara municipal, que até o presente momento, salvo melhor juízo, leitura e conhecimento, as coisas continuam como se não houvesse nada ocorrido.

A notícia por mim lida, abordando temas atuais, que, segundo a prefeita, quatro nomes são pré-candidatos. Além dela, Euripedes da Radar (PSB), o ex-prefeito Antonio Rodrigues, o Tonho do Menino Velho (PMDB), e Nelson Paim (PDT). Conforme a prefeita sete partidos já estão fechados com a sua pré-candidatura, PSD, Pros, PMB, PT, PSD, PSC e Solidariedade.

Li a declaração do inacabado projeto de prefeita, posto que até hoje esta não se portara como mandante maior do Executivo municipal, como muita tristeza,  desgosto e descrença, posto que a pretensão da Sra. JANE, ainda que legal, avalizadas é pelo culto da esperteza e do engodo, exprimindo o desprezo e o desrespeito desta para com a administração e os administrados.

Tenho como imprescindível, como condição sine qua non, para que a Sra. JANE venha a postular candidatura, primeiro que venha a público e explique e justifique:

-A autorização por ela dada a terceiro (Sr. LINDBERG) para se apossar e usar de bem público;

-Qual o critério e razão da autorização dada para que terceiro (Sr. LINDBERG) utilizasse do veículo público;

-Como que terceiros (Sr. Lindberg), não pertencentes ao quadro de motoristas ou do staff da administração municipal tivera acesso a patrimônio veículo de propriedade e posse do município;

Repito e defendo que a pretensão da Sra. JANE em sair candidata ainda que legal, é pobre de razões para sua continuidade, posto que, do que prometera, TUDO está a dever, inclusive o efetivo exercício do mandato.

Com a palavra a Sra. JANE.



Escrito por autor acima[poxoreu@uol.com.br às 20h37
[] [envie esta mensagem] []



Cultura

CHÃO VIOLADO



Escrito por autor acima[poxoreu@uol.com.br às 12h36
[] [envie esta mensagem] []



História e Cultura

CHÃO VIOLADO

Éden Costa

Buscando valorizar a História, Diversidade Artística e Cultural de nossa cidade, ocorrerá em Poxoréu entre os dias 10 e 14 de maio - PROJETO CHÃO VIOLADO: ENTRE ACORDES E IMAGENS – PRESENTE FUTURO E PASSADO.

O cronograma de atividades do supracitado projeto está organizado da seguinte forma:

Dia 10/05/2016 (Terça feira): Cerimonial de Abertura e Palestra ministrada pela UPE . Tema: Poxoréu e sua Origem. Local: Salão do Externato São José. Horário: 19hs às 21hs;

Dia 11/05/2016 (Quarta feira): Exibição do documentário “Buracos – A Herança do Garimpo. Mediador: Gianpiero Barozzi. Local: Pinacoteca de Poxoréu. Horário: 19hs às 21hs;

Dia 12/05/2016(Quinta feira): Palestra ministrada pelo Coord.do Ponto de Cultura de Poxoréu , Gianpiero Barozzi. Tema: Poxoréu e Diversidade Cultural: Fomento e Oportunidades. Local: Diamante Clube. Horário: 19hs às 21hs;

Dia 14/05/2016 (Sábado): Noite Cultural – “Diamantes Humanos”: diversas apresentações artísticas e culturais, exibição de fotos e pequenos filmes antigos da cidade, amostra de artesanato, exposição de pintura em tela. Local: Rua Minas Gerais e Mato Grosso (Centro Histórico). Horário: das 18hs às 22hs.

Será emitido certificado de carga horária para os participantes das atividades do projeto para ser usado em contagem de pontos e hora atividade.

 

APOIO CULTURAL:
ASSOCIAÇÃO PARTILHAR
PONTO DE CULTURA DE POXORÉO "ARTE ITINERANTE POR MAIS CULTURA"
GAZETA FM POXORÉO
UPE (UNIÃO POXORENSE DE ESCRITORES)
EXTERNATO SÃO JOSE - ESCOLA POXORÉO
SEC. MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO, CULTURA, ESPORTE E LASER
SEC. MUNICIPAL DE OBRAS
CENTRO JUVENIL SALESIANO
RADIO SULMATOGROSSENSE
REALIZAÇÃO
GOVERNO DE MATO GROSSO - ESTADO DE TRANSFORMAÇÃO
SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA
ÉDEN COSTA



Escrito por autor acima[poxoreu@uol.com.br às 12h49
[] [envie esta mensagem] []



Troféu da Juventude - CJ

47º TROFÉU DA JUVENTUDE DO CENTRO JUVENIL

 1969/2016.



Escrito por autor acima[poxoreu@uol.com.br às 13h57
[] [envie esta mensagem] []



Padre Pedro

Decorrido o prazo legal de 5 anos previsto na legislação brasileira, os restos mortais de Padre Pedro serão transladados para sepultamento definitivo em Poxoréu, afirma Inspetor da Missão Salesiana




Escrito por autor acima[poxoreu@uol.com.br às 11h58
[] [envie esta mensagem] []



Padre Pedro

Moradores solicitam translado dos restos mortais de Padre Pedro para sepultamento definitivo em Poxoréu


Ilmº. Sr.

Pe.Gildásio Mendes dos Santos

DD. Inspetor da Missão Salesiana de Mato Grosso

Campo Grande – MS


Senhor Inspetor:


“Queremos Pe. Pietro Melesi entre nós, para sempre!”. Esse é o clamor dos amigos que Pe. Pedro fez em Poxoréu, MT.

Sabemos que doar-se em favor de seus amigos é a maior de todas as missões de amor que alguém possa ter. Foi assim que disse Nosso Senhor: “Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos”, João 15:13. Mas ser um amigo bem agradecido, por ter sido tão amado, não deixa de ser também uma das maiores virtudes ensinadas pela igreja.

O povo do Município de Poxoréu, MT, tem sido o grande amigo tão amado e tão querido de Pe. Pedro e deseja demonstrar a sua gratidão por tudo aquilo que recebeu ao longo de sua jornada de serviços nesta região. Quem mais recebe amor é igualmente aquele que também deve amar mais. É assim que nós sentimos.

De tal modo, ouvindo o clamor do povo que foi servido por Pe. Pedro, a comunidade poxoreana (e nós também juntos com ela), entendeu por bem prestar um tributo perene de gratidão ao seu amigo. Tal desejo seria materializado na construção de uma Capela Memorial em sua homenagem, na área de ocupação da Sociedade Hospitalar São João Batista, onde está erguida uma das obras primas de nosso amigo, o Hospital e Maternidade São João Batista, o qual ocupou a maior parte de sua vida em Poxoréu.

Pe. Pedro fez com que o Hospital e Maternidade São João Batista, de Poxoréu, fosse considerado como uma referência no ramo hospitalar, com uma estrutura de atendimento de alta qualidade, não encontrando igual em todo o interior do Estado e, quiçá, até na Capital mato-grossense.

Essa Capela Memorial, além de guardar as lembranças de nosso homenageado, deverá também servir como seu leito post mortem. Será um local aberto para a visitação e orações de todos os que desejarem estar mais próximos dele e de tudo o que fez e representou em Poxoréu.

Nesse sentido, é a presente para solicitar de Vossa Senhoria, ouvida as instâncias deliberativas dessa entidade, que seja autorizado o traslado de seu corpo para a cidade de Poxoréu, MT, Brasil, a fim de que seja sepultado nessa Capela Memorial a ser construída pela cidade e pelo povo daqui.

(...)

Fraternalmente,


Adolfo Fernandes Catalá Neto

Empresário

Ex Aluno do Centro Juvenil


Miriam Catellani Ruicci

Voluntária de Obras Sociais em Paraíso do Leste

Ex Membro da Operação Mato Grosso


OBS.: Carta encaminhada com manifestação abaixo-assinado contento centenas de assinaturas de moradores de Poxoréu.



Escrito por autor acima[poxoreu@uol.com.br às 11h54
[] [envie esta mensagem] []



[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


Histórico
    Outros sites
    BLOG POXORÉU Nov/2010 a Ago/2012
    BLOG POXORÉU Fev/2005 a Out/2010
    TCE PRESTAÇÃO de CONTAS Poxoréu
    Blog Centro Juvenil
    Blog da UPE
    Aulas Grátis
    Aulas Grátis II
    Cursos Grátis
    BlogPox no Facebook
    Vídeo Aurélio Miranda
    Previsão do Tempo - Poxoréu
    Vídeos dos Encontros de Violeiros Poxoréu